Publicação de comentário importante

Recebemos o seguinte comentário e fazemos questão de publicar na primeira página:

Amigos aviadores,

Chegamos a um ponto muito importante na nossa história como profissionais. Sempre acompanhei o blog de longe e li praticamente tudo que é escrito neste site. Agora, chego a uma conclusão em relação a tudo que foi escrito aqui, e não vejo os participantes tocarem em um ponto com mais força e fervor como deveriam. Esse ponto é em relação ao papel que o nosso sindicato, o SNA, tem em nossas vidas. Neste país de tanta corrupção, tantos descalabros nas instituições, é normal que desconfiemos de tudo e de todos, instituições, agremiações e associações, enfim, aonde houver o ser humano, haverá corrupção e todo tipo de safadeza. Ninguém confia mais em ninguém, o que é bastante normal na atual conjuntura, porém, tenho visto, e os senhores têm que concordar comigo, que esta nova gestão sindical, está sim empenhada, parece honesta e merece nosso voto de confiança. Ouço diariamente a muitos anos em meus voos, inúmeras reclamações de todos os membros e de todos os tipos ( inclusive as minhas) Pergunto-me: São TODOS sindicalizados? Amigos, não há outro meio melhor e oficial que possamos usar do que o Sindicato, para reivindicar, reclamar, discutir, argumentar e por fim, caso não haja solução, efetuar GREVES. O que penso ao escrever essas palavras é que devemos todos nos tornar propagadores do SINDICATO, trazer mais colegas para o mesmo e fortalecer nossa classe. Temos provas suficientes de que nos últimos meses, eles já mostraram do que são capazes. Pelo que estou sabendo, há nos últimos tempos, um numero de adesões bem grande, e que a TAM esta começando a se preocupar, ou seja, não preciso dizer mais nada. Como diz a velha frase: uma minoria organizada domina, controla e subjuga uma maioria desorganizada. Então, o que somos? Acredito que a segunda opção, e devemos através do SINDICATO, nos tornarmos a primeira, ou seja, a MAIORIA ORGANIZADA, não para dominar, subjugar ou impor nossas vontades, mas sim para lutarmos pelo que acreditamos ser justo e correto. Somente através do SINDICATO, gostemos ou não, poderemos sentar para discutir organizadamente propostas que visem alcançar condições dignas de trabalho. Proponho um exercício, uma missão, uma tarefa. Primeiro: se você não é sindicalizado, sindicalize-se. Não precisa nem ir lá, pode aderir pela internet mesmo. Eles mudaram as contribuições e agora tem valores bem mais justos. Duas diárias e meia para comandantes com teto máximo de 140 reais, 1 % do bruto para co-piloto com teto máximo de 140 reais e uma diária para comissários, ou seja, por volta de 56 reais. Acredito que se a adesão fosse gratuita todos seriam associados, mas, infelizmente meus amigos, sem recursos não vamos a lugar nenhum. É preciso que façamos um investimento, nem que seja por um tempo, para que possamos decolar com as mudanças. Detalhe: a empresa NÃO quer isso. Para a Tam, o melhor é que continuemos divididos na ATT, ou outra associação, que não tem força legal de negociação e servem melhor para outros fins. Ela quer que todos nós continuemos alienados e postando aqui, coisas que não vão resolver nada e funcionam somente como muro de lamentações. Digo, esse site é muito bom, mas percebo que não tem a força ideal e principalmente, OFICIAL que precisamos. Ele é um excelente ponto de encontro que jamais deverá deixar de existir, mas que continuemos a usa-lo para trocar ideias, pensamentos e divulgar informações relevantes, mas sempre de alto nível, sem “queimar” nosso filme com fofocas e baixarias. Fofocas não nos levarão a lugar nenhum, elas aliviam, ajudam a descarregar, mas não trazem mudanças duradouras. Sinceramente, o SOP é muito bom, o problema é que ele jamais conseguiu uma adesão suficiente e sólida que faria diferença. Não temos como controla-lo, mensurá-lo e normatiza-lo. Depende de elementos isolados e, obviamente, se funcionasse bem, com regularidade e consistência, já teria surtido efeito. Seu efeito foi um tanto fraco para o que precisamos. Continuemos aqui, porém com metas valiosas. Cada um de nós deve, após aderir ao sindicato, trazer novos colegas, participar de Assembleias, (se for preciso pedir folga para isso), reclamar, dar sugestões, enviar e-mails, denunciar e participar ativamente no processo de mudança, afinal, o sindicato é totalmente voltado para isso. Não adianta pagar um mensalidade e delegar aos outros a responsabilidade pelas mudanças, afinal, isso é o que já fazemos em relação ao nosso país quando não vamos às ruas e cobramos nossos políticos. No caso do SINDICATO, é muito mais fácil estar presente, depende somente da consciência de cada um. Por fim, repito a missão: SINDICALIZAR-SE E AJUDAR OUTROS A FAZEREM O MESMO. Nossa meta final: trazer TODOS os aeronautas, repito TODOS para o sindicato. Aí sim, todos ( empresários, usuários, outras classes) verão o que é FORÇA.

Abraço a todos.

Estado de Greve

É isso, amigos.

Mais uma vez, estamos em estado de greve. Esperamos que não façamos feio. Porém, já começamos mal. O símbolo da trairagem e da minhocagem é da nossa empresa. Este ‘comandante”, de tão medroso e com vontade de mostrar para a empresa que não participará da greve, além de deixar claro que não vai participar, ainda tentava convencer os outros. E o mais feio é que não ficou entre nós. Todo mundo está sabendo disso, inclusive nas outras empresas, muito mais engajadas, por sinal. Pois é… começamos bem mal.

Não nos iludamos. Há muitos destes na companhia. O motivo? Instinto de sobrevivência. Geralmente, pilotos como este, são profissionais (bem) abaixo da média que sabem que estariam em apuros em caso de uma demissão. Hoje, quem contrata é a Ásia e o Oriente Médio. E lá fora não tem essa de passar a mão na cabeça, e eles sabem disso. Vocês vão ver muita gente furando a greve. Para os checadores, é só observar quem são. Acreditem no que estamos dizendo, se der uma apertadinha no próximo simulador, vão quebrar o avião fazendo tráfego visual. É só uma dica.

Esta greve é muito mais do que uma briga por aumento. É a oportunidade de mostrarmos à empresa se somos ou não capazes de nos unirmos em tornos de um objetivo. Coisa que, por influência cultural dos “verdadeiros pilotos” (obrigado pela definição, Castro), aqueles que aceitaram descansar no chão do cockpit pela oportunidade de voar um 330, os fura-greve dos anos 80, os que aceitavam voar com item “no go” e fora da regulamentação e se dizem “verdadeiros pilotos que fizeram a TAM ser o que é hoje”; nunca tivemos a capacidade de mostrar.

Aproveitemos esta oportunidade.

Um forte abraço,

AA’s

Em tempo: os minhocas bem que poderiam abrir mão dos benefícios conseguidos pelos colegas. Mas é claro que não vão fazer isso. Não gostam de ver sangue (principalmente o deles), mas dinheiro é bom, né?

SOP de Natal

Amigos,

Sem respostas por parte da companhia, então seremos breves. A partir da meia-noite do dia 23, estará deflagrado o SOP de Natal.

Não haverão diretrizes, uma vez que uma determinada ação isolada poderia ser identificada. Mas sabemos que todos aqui são profissionais conhecedores de seu avião, bem como o MGO e o sistema de controle de tráfego aéreo. Também acreditamos que nos DO’s teremos conversas criativas sobre o assunto. Mostremos nossa insatisfação por intermédio dos números.

Quanto à empresa, vocês sabem o que queremos.

Um forte abraço, e um Feliz Natal regado a querosene.

Escala, Promessas e a Segurança de Voo

Caro passageiro:

Imaginem você, pegando o carro pra viajar. Horário previsto para sua saída é às 2 da manhã. Tudo bem, ninguém dai a esta hora, mas é uma suposição. Pois bem, você tenta dormir para acordar às 23. Já concordamos que o descanso não foi muito adequado, já que dormir para acordar às 23 não é muito fácil.

O despertador toca, provavelmente você estava a esta altura do campeonato entrando no melhor de seu sono. Acorda meio grogue, entra no banho, coloca a roupa, dá uma checada na mala.

Aí você pega uma condução pra Guarulhos (sim, o seu carro vai estar em Guarulhos nesta suposição). Chega em Guarulhos lá pela 1 da manhã, é hora de checar os mapas, a condição da estrada, o carro e etc. Está pronto pra sua viagem.

Saiu às 2, e lá pelas 4 e meia tem uma parada obrigatória. Aí é que fica o verdadeiro problema. Nesta parada, que vai durar umas 5 horas, você vai ficar jogado num banco duro até umas 9 da manhã. E ás 9 vai começar a sua viagem de novo, pra chegar umas 11:30.

Como vai estar seu nível de concentração no último trecho?

Presidente, caso a senhora não saiba, isto está acontecendo todos os dias. Se não acabar, vamos publicar o número de cada voo aqui que consideramos inseguros por conta da fadiga. Nós não estamos pedindo um tostão de aumento, mas condição de trabalho e melhoria na segurança de voo.

Um abraço a todos.

O Mapa Mundi do Blog Aviador Anônimo TAM

Cara presidente Cláudia Sender:

Há alguns dias escrevemos pra senhora a respeito de saber ou não saber sobre o blog. A senhora teria alegado ignorância sobre ele em uma reunião. É seu direito, afinal seria um crime reconhecer na frente do VP que conhece tal blog apócrifo. Nós também não confrontaríamos o Ruy. Ele tem o poder de nos demitir. E ele o faz sem dó nem piedade, como já aconteceu antes. Nem o Barioni resistiu a ele. Há fatos suficientes para crer que o Ruy é o Frank Underwood da TAM.

De qualquer maneira, a balbúrdia corporativa não passa totalmente despercebida. Explicamos. Dê uma olhada neste mapa:

 

Como a senhora pode ver, presidente, o mapa tem vários tons, variando do branco ao vermelho, de acordo com a quantidade de visitas por país. Algo lhe chama a atenção? A nós, sim. Após o Brasil, o país que mais nos visita é o Chile. Coincidência? Não cremos nisso.

O fato, presidente, é que a senhora pode nos ignorar, o VP pode culpar o mensageiro pela mensagem, mas quando o consumo de querosene aumentar, além dos atrasos, e o prejuízo da TAM aumentar mais ainda, alguém vai ter que pagar com a cabeça. E não cremos que algum Cueto vá pedir demissão.

Está mais do que na hora da senhora provar que não é um fantoche na mão de quem quer que seja. E não adianta se iludir, dizendo que há esforços para isso e aquilo. Enquanto os resultados vierem filtrados pelo Ruy, a senhora vai saber o que ele quiser que a senhora saiba. Nós, os tripulantes, abominamos este senhor. Temos plena convicção que, enquanto ele estiver em operações, não haverá nenhum esforço definitivo para mudar para melhor.

O tempo urge. Cansamos de tantas promessas. Queremos respeito. Só isso. O SOP começa dia 23. A senhora pode mudar isso? Claro que sim. Uma carta de intenções apontando os problemas e as soluções para eles seriam um começo. Mas, mais uma vez, duvidamos que o Ruy iria lhe permitir fazer isso.

Um abraço,

AA’s

Épico!

Amigos,

Gostaríamos de relembrar um dos mais épicos posts da história deste blog. Foi escrito por um inspirado togapackson, a quem devemos o maior respeito. Como podem ver, não mudou muita coisa. Ei-lo:

Ao Sr. Diretor de Segurança Operacional da TAM

Publicado por togapackson2 em 12 de junho de 2012

Senhor Harley,

Gostaria de me dirigir ao senhor como alguém que um dia admirei e respeitei como safety officer, e não ao Diretor de Segurança Operacional, um diretor nessa malfadada administração da TAM que só está preocupado com seu cargo, suas vantagens e sua pose.

Respeito pelo senhor, hoje?? NENHUM!!! Mas, mesmo assim, queria chamar sua atençao para alguns fatos, algumas “coisinhas”…

Hoje, na Tam, senhor Harley, temos pilotos estressados, fatigados, pressionados, cansados, tristes, enfim, DOENTES… E, por conta, única e exclusivamente, das políticas de seu mentor, o Ruy. Temos comandantes voando à custa de anti-depressivos, remédios para pressão, Melatonina para poder tentar dormir nos pernoites (quando a escala não liga no meio do repouso, não é?), remédios para ficar alertas no voo, enfim, gente que é responsável por VIDAS, patrimônio, o nome da Tam, voando nessa situação e o senhor está ciente de tudo isso!!!

Vocês continuam nessa política de “avestruz”. Enterraram suas cabeças nas suas mesinhas, não ouvem, não veem, não falam… Está tudo normal, dizem vocês. A média de horas de voo do grupo da Tam é de 65/70 horas mensais, para um limite de 85. Sim, claro. Uma etapinha hoje, pernoite, dia inativo e uma etapinha de volta, trazendo de extra a tripulação que levou o voo. Seis dias (6) fora de casa, uma monofolga, mais seis dias de subutilização, só para não darem mais uma folga. ISTO VOCÊS NÃO DIZEM, NÃO É?

Claro que não! O senhor está em casa todo dia, não tem que ficar HORAS no solo, à disposição da Tam, sem ganhar NADA para isto. Ganha MUITO bem sem ter que voar, não é? Tem a pose, a vaidade do cargo de Diretor… Só tem uma coisa, Sr. Harley… Vocês dizem que somos anônimos, apócrifos, que não sabem de nenhum “movimento”…
Continuem assim: Orgulhosos, soberbos…

Agora, imaginem, DEUS NOS LIVRE, que aconteça algo, algum infortúnio em um de nossos mais de 800 voos diários. Seja por problemas de manutenção, falha do avião, meteorologia, qualquer que seja o motivo. MUITA gente, na imprensa, MP, Congresso, CENIPA, usuários, muita gente mesmo está sabendo do nosso blog, que vocês dizem ignorar. Publicaram até no site da Veja. Estamos avisando! Nós somos anônimos, sim, e o senhor sabe o porquê. NADA, mas nada mesmo, daria mais prazer a vocês do que nos identificar e nos demitir, não é? Mas, e o Seu Cambraia? E o Sr. Carlos Alberto Fontoura? E outros que até se identificaram, com o número fidelidade e enviaram emails à Tam e receberam respostas ridículas?? Vocês acham MESMO, que eles não iriam à público dizer: “Vejam o blog aviadoranonimo tam.. Os pilotos AVISARAM!”?

Aí, Sr.Harley, “All hell will break loose” e vocês ficariam bem no meio do furacão. Inquéritos, processos, e, até, quem sabe, uma CPI. Imprensa, televisão, Datena…
Posso até ver as manchetes: “Deputado Fulano quer saber por que a direção da TAM ignorou o alerta de seus pilotos”, ou: “Delegado Beltrano convoca Diretor de Segurança Operacional da TAM para dar explicações.”, “Polícia Federal indicia Diretor de Segurança da Tam por crime de responsabilidade.”, ou ainda: “Presidente da TAM questionado em CPI por ter ignorado aviso de seus pilotos.”

Lembre-se, amigo: Hoje temos Procuradores, Delegados, Juízes que fizeram cursos no Cenipa, na ANAC. Fora gente que adora uma câmera e um holofote e, também, gente séria que adoraria mandar alguém para a CADEIA, por responsabilidade em um acidente aéreo. Ou o senhor acha que SEMPRE vai dar para culpar o piloto?

Você era um dos nossos. Você era um comandante preocupado com segurança. Você estudou, tenho certeza, fatores como fadiga, estresse, falta de sono, falta de vida social, etc. Você SABE quais podem ser suas consequências. Por isso eu digo, meu ex-colega, você SABE e não faz nada. Se vendeu barato!! Sim, barato, porque por mais que você ganhe aí, você deve ter um restinho de consciência e, se algo ocorrer, você vai carregar isso pro resto de sua vida! Você e todos os nossos ex-colegas lá de Operações..Vocês SABEM o que estamos vivendo e não fazem NADA!!

É triste, mas vocês podem vir a ser co-responsáveis por algum infortúnio, algo que dê errado.

Aí, de novo, vão tentar por a CULPA no piloto, não é?

Queria me despedir com um abraço, mas não dá… Só posso dizer: Cuidado!

O SOP de Natal

Amigos,

Todos temos um objetivo na vida. Ou mais que um. Pode ser uma viagem espetacular, ver os netos crescendo, morar em um sítio, aproveitar cada dia da vida. Pode ser muita coisa. Mas, no fim das contas, buscamos a felicidade. Os nossos objetivos nada mais são do que o que consideramos realizações, e com elas achamos que a felicidade virá.

Desde que sonhamos em ser pilotos, a primeira coisa que vinha na cabeça seria voar um baita avião em uma grande companhia aérea. Seríamos pessoas felizes ao atingir tal objetivo. Nós conseguimos.

Gostaria que cada um aqui lembrasse de quando recebeu a ligação da TAM, para a seleção. Com certeza foi especial. A possibilidade da realização do sonho de criança. Mais tarde, a aprovação, ground school, simulador… Instrução em rota. Muito legal!

Quantos aqui podem dizer que estão felizes e realizados com a profissão, após atingir tal objetivo? Quantos consideram ser respeitados? Quantos aqui nunca consideraram sair da companhia para voar em outros ares?

Pois bem. A escala de Dezembro saiu. Gente que pediu folga não teve, gente que não pediu, ganhou as duas. E o mais absurdo: folga de um dia. Manobra para aumentar a estatística de folgas atendidas. E depois o cafajeste diz que a escala não pode ser subordinada à operações para evitar mutretas.

Perguntamos de novo: Quem se sente feliz? Quem acha que poderia ser mais feliz se a companhia atendesse aos anseios dos tripulantes? Nós temos a chave do cofre. Nós realmente temos o poder de tirar a cadeira do VP. É só mostrar aos chilenos o quanto vai custar a mais deixá-lo aí.

A mensagem é clara: Nós não queremos mais ter nossa vida prejudicada pelo Sr. Ruy Amparo.

O SOP de Natal se inicia no dia 23 de Dezembro. Aguardem para o início, já que há de se sentir uma diferença abrupta.

Todos sabemos como proceder, entretanto aguardem um post sobre o SOP em breve, daremos dicas de procedimentos para evitar exposição. Aos que quiserem colaborar com idéias, por favor deixem seu comentário.

Estamos com um número razoável de visitas, porém ainda pouca participação. Chame seus amigos para a cá. Só depende de nós. Repetimos: Somos muito mais fortes do que pensamos.

Um forte abraço!